Bonecos infláveis proibidos nas manifestações

Manifestantes se reúnem na Esplanada dos Ministérios em Brasília para protestar contra o governo Dilma Rousseff (Foto: Wilson Dias/Agência Brasil)MANIFESTANTES SE REÚNEM NA ESPLANADA DOS MINISTÉRIOS EM BRASÍLIA PARA PROTESTAR CONTRA O GOVERNO DILMA ROUSSEFF (FOTO: WILSON DIAS/AGÊNCIA BRASIL)

A Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal (DF) e a Polícia Militar organizaram um plano de segurança específico para atuação na Esplanada dos Ministérios durante os três dias em que o processo de impeachment poderá ser votado na Câmara.

A chamada “Operação Esplanada”, que reúne agentes da Polícia Militar, Polícia Civil, Detran e Corpo de Bombeiros, ocorrerá durante os dias 15, 16 e 17 de abril. Antes de chegar à votação no plenário, contudo, o tema ainda deve passar por votação na Comissão Especial de Impeachment, prevista para a próxima segunda-feira. Nessas datas, as áreas do entorno do Congresso Nacional, do Palácio do Planalto e do Supremo Tribunal Federal, bem como de toda a Praça dos Três Poderes, ficarão restritas para acesso.

Os bonecos infláveis, de qualquer tamanho, também foram proibidos. O objetivo, segundo a polícia, é evitar provocações entre os manifestantes. O bloqueio de parte das vias terá início à meia-noite do dia 14, quinta-feira. “Todo o trabalho é para que as pessoas possam se manifestar livremente sem por em risco a segurança própria e de outros”, disse secretária de Estado da Segurança Pública e da Paz Social, Márcia de Alencar. “Estamos tranquilos, preparados e integrados.”

fonte: http://epocanegocios.globo.com/Brasil/noticia/2016/04/epoca-negocios-pm-e-governo-do-df-montam-operacao-esplanada-para-manifestacoes-do-impeachment.html

Dilma pode copiar Fernando Collor e poupança corre risco

São tantas informações. Lava-jato, impeachment, Moro, Dilma, Delcídio, Odebrech, STF, Eduardo Cunha, Tiririca…. Putz.

O brasileiro está confuso em meio a uma crise institucional, moral, ética e econômica. Já não se sabe mais em quem acreditar. Na telinha, canais abertos e diretos ao povão, a Globo aponta a carabina para um lado. A Record de gazofilaço em punho, defende outras ofertas. E por aí vai, ou vamos. Ladeira abaixo um Brasil desgovernado. Tal qual bicicleta velha sem freio.

Circula pelas redes sociais, alerta aos correntistas e investidores em poupanças e outras aplicações. Falam que a partir do dia 15 de abril, a Presidente Dilma pode adotar medida igual a do então Presidente Fernando Collor, quando em 1991, confiscou a grana de todos que tinham contas bancárias, inclusive poupança.

Verdade ou mentira, o fato é de que não dá mais para saber quando a Justiça vai funcionar de verdade. Os banqueiros devem estar mesmo cobrando à Presidente o que investiram na campanha dela. Então, paciência. É hora de pedir a Deus uma intervenção, pois a única JUSTIÇA que nos resta é a dEle.

Angélica escorrega ao entrevistar Maria Júlia Coutinho

A língua portuguesa é um verdadeiro tobogam. A todo instante estamos sujeitos às correções e intervenções de mestres em nossa forma de falar ou escrever.

Mas tem coisas que não são apenas escorregadas. No caso de programas de TV, ao vivo, são até perdoáveis os erros e equívocos. Mas, em se tratando de programas gravados, é inadimissível que a produção permita que vá ao ar erros tão grosseiros.

Neste sábado (09/04) a Rede Globo levou ao ar um programa da Angélica no qual a apresentadora entrevistava Maria Júlia Coutinho – a Majú do Willian Bonner.

A esposa do Luciano Hulk por duas vezes, na mesma frase, se equivocou e disse: “um quilo e duzentas gramas” e em seguida “trezentas gramas”.

Se a “Estrela Angélica” não sabe que “grama”, neste caso, se trata de unidade de medida, deveria recorrer ao Professor Sérgio Nogueira que está sempre participando do programa de seu marido Hulk, no quadro “Soletrando”.

E também caberia à produção e aos editores do programa, evitarem que a apresentadora passasse por este vexame em rede nacional.

PLANOS DE GOVERNO COMEÇAM A GANHAR FORMA EM BUZIOS

Alguns candidatos a prefeito já estão encomendando estudos para elaboração dos Planos de Governo.

Professores renomados estão debruçados sobre planilhas e apostilas buscando novas soluções para a área da educação. Médicos e demais profissionais do ramo, também trabalham sobre ideias que possam contribuir para um planejamento da futura saúde pública. Mas o que se vê nos comentários dos personagens envolvidos nestes estudos, é uma certa falta de conhecimento jurídico, administrativo e político.

Por isso, vejo com certa preocupação o nascimento de projetos políticos lindos e maravilhosos, porém, com possibilidade de, apenas, encantar aos eleitores que se habituaram a acreditar no velho discurso de que “vou fazer tudo pela educação e pela saúde”.

O que devemos primar nessa elaboração de um PLANO DE GOVERNO para Búzios, é mais complexo, mais completo e vai desde a observâncias da ética, até a contemplação de uma verdadeira reforma estrutural da administração pública chamada PREFEITURA.

Há que se levar em conta, um enxugamento da máquina pública com cortes de até 50%  dos cargos comissionados; há que  se pensar em uma redução de gastos públicos com contratos de prestação de serviços, alugueis de carros e outras formas de atendimentos aos legisladores, para que o poder público tenha mais condições de cumprir com as suas obrigações nas áreas que impulsionam o turismo e o comércio local, para então garantir a geração de renda necessária para termos uma saúde digna e de qualidade é uma educação mais do que educação. Uma educação que possa ser chamada de FORMAÇÃO.

Mirinho pela Rasa visitando amigos

image


O ex-prefeito de Búzios, não perde tempo nem se preocupa com boatos de adversários. Todos os dias, ao lado de seu fiel escudeiro – Antônio – o pré- candidato a Prefeito pelo PDT, Mirinho Braga sai pela cidade a percorrer bairro por bairro para visitar amigos.

Na manhã desta quinta-feira, Mirinho esteve no bairro Rasa. Uma paradinha na praia da Marina, pôde apreciar a performance de um amigo que esbanjava disposição nas areias fofas da Ponta do Pai Vitório.

Em seguida foi visitar um amigo que contraiu Zyka e que está sob os cuidados da “mamãe”. Brincadeiras a parte, Mirinho elogiou os cuidados que o amigo vem recebendo da mãe e disse que a Zyka preocupa e que há necessidade do empenho de cada cidadão na prevenção.

Sempre com mania de chef de cozinha, Mirinho aproveitou para invadir o quintal de Manoelzinho da Marisol e catar fruta-pão para caprichar um escondidinho de camarão.

Vai na fé, e não se esqueça de convidar os amigos para degustar.

Mas deixa isso para amanhã, pois hoje é dia de CALDOS na Pizzaria D´Lenha (Caldo Verde, Caldo de frutos do mar e Canjiquinha com Costelinha salgada).