Dezessete de Abril: Brasil pede socorro

Hoje pode não ser ainda o “Dia D”, mas com certeza é uma daquelas datas que vai entrar para a história da República Federativa do Brasil.

Quinhentos e treze Parlamentares passaram a noite de sábado para domingo, se confrontando e argumentando em favor ou contra o Impeachment da Presidente Dilma Vanna Rousseff (PT).

Agora a pouco, exatamente às 14:00 horas, o Presidente da Câmara dos Deputados – Deputado Eduardo Cunha – deu como aberta a solenidade que vai decidir o futuro do comando geral da Nação brasileira. Saberemos, ainda hoje, se a Presidente Dilma permanece, ou se vai dar lugar ao seu vice-Presidente Michel Temmer (PMDB).

Discursos e debates à parte, a minha dúvida (e de milhares de brasileiros) é esta: “E depois, o que vai acontecer?”

Ficará o Temmer até o final do mandato? Será ele impedido também? E se for, entra o Eduardo Cunha? Meu Deus, salve o Brasil, porque enquanto isso, a conta de luz continua chegando pelos Correiros. Água, telefone, impostos e taxas também. E trabalho mesmo, nada! Empresas fechando as portas; investidores fugindo da incerteza do mercado econômico; produção caindo e PIB despencando.

Transferência de títulos eleitorais movimenta cartório em Búzios

Eleições 2012 – Termina amanhã (09) o prazo para os eleitores fazerem a transferência de domicílio ou para os que completam 16 anos poderem tirar o título de eleitor.

O fim do prazo da Justiça Eleitoral tem movimentado bastante os trabalhos do TRE em Búzios.

Alguns pré-candidatos não medem esforços e “ajudam” eleitores com transportes próprios,  elevando assim, o vai e vem dos que deixaram tudo para a última hora.

Há denúncias de que candidatos estariam adulterando contas de luz para efetuar a transferência dos títulos de outros municípios e ampliar as chances de uma possível eleição ou reeleição, nas eleições deste ano.

Os boatos ainda não foram confirmados e a Justiça Eleitoral, nestes casos, pode fazer diligências para comprovar a veracidade das declarações.

O que há de real é o forte aparato de carros disponibilizados pelos pretenços candidatos fazendo o transporte dos eleitores.

– Uma frota de fuscas azuis está colorindo as ruas nas imediações do Fórum da cidade. Só não vê quem não quer – Disse um eleitor que passou horas na fila na manhã de hoje.

Clima tenso na Câmara de Búzios na manhã de hoje

Política – Tropa de choque na Câmara de Búzios para conter populares que se exaltaram com atitudes anti-republicanas da presidência.

Alguns presentes chegaram a criticar a atitude anti-democrática do Presidente de convocar segurança particular para retirar pessoas que estavam na assistência.

A oposição, composta de quatro vereadores – Genilson do banco; Evandro e Valmir Nobre, comandada por Joãozinho Carrilho, tentou colocar em pauta uma matéria com objetivos visivelmente políticos. Os vereadores do bloco de sustentação aos projetos do governo chegaram a acusar a mesa diretora de estar legislando em causa própria.

O vereador Felipe Lopes disparou um discurso dizendo que tanto o Presidente da Casa, quanto os demais prefeitáveis estavam agindo de acordo com os interesses próprios.

– Os senhores passaram esses três anos falando mal do Prefeito Mirinho Braga. Dizendo que o prefeito não estava fazendo nada. Agora aparecem com essa manobra política para tirar o prefeito do páreo. Qual é o tamanho do medo que os senhores têm com relação ao Mirinho?  – questionou o vereador Felipe Lopes.

Na sequência, Felipe Lopes foi mais além:

– Todos sabemos, Senhor Presidente, que o senhor seu pai vem demonstrando e trabalhando muito para ser candidato a prefeito; o nobre vereados Genilson também tem manifestado o interesse e o vereador Evandro também. Isso nos leva a perceber claramente que estão tentando legislar em causa própria.

Os vereadores Messias, Lorran, Leandro e a vereadora Joice, fizeram coro com Felipe e disseram que os projetos de importância para a sociedade estão parados por conta desta manobra política.

Enquanto isso, alheio ao desespero da oposição…

O Prefeito Mirinho Braga inaugura na tarde desta sexta-feira mais uma grande obra reivindicada pelos moradores do Bosque de Geribá.  A assessoria do Prefeito convida a população para, a partir das 17:00 horas, comparecer e poder comprovar a qualidade de mais uma grande obra.

Compra de votos como nos tempos dos coronéis

Política – A história não está apenas nos livros, nos dias atuais ainda podemos conviver com atitudes cômicas, se não fossem trágicas. Pré-candidato já afirmando que “Sou Candidato”, promete pagar festinhas de formaturas em troca de apoio político para as eleições do próximo ano.

A tática é velha, assim como a pretensão desses malabaristas políticos que pulam de um lado para o outro tentando enganar um novo povo. Sob a proteção do “ser desconhecido”, fazer maquiagem na velha cara, pentear os cabelos, usar óculos e pintar as unhas podem levar o público a comprar um monstro disfarçado de gato.

No tempo dos coronéis, o lavrador era enganado por belos discursos e os votos deles eram trocados por pás, enxadas e picaretas.

Um desses coronéis, na década de 50, sobre um caminhão palanque lotado de ferramentas para a lavoura, enquanto as distribuía aos trabalhadores, apoiava-se em uma novíssima máquina de costuras. O objetivo era iludir os eleitores de que era um bem intencionado político, defensor dos fracos e dos oprimidos. Dizia que ao sair dali estaria levando a máquina de costuras para a cidade vizinha e presentearia para uma senhora viúva (inventava o nome na hora) que necessitava muito de uma forma de sustentar a família.

Papo furado, ao chegar na cidade vizinha o método ludibriador se repetia.

Ainda bem que os tempos mudaram e nem todos os eleitores são venais a ponto de aceitar uma picareta como pagamento ou um picareta comprador de votos.

Ação entre amigos na política buziana

Procurando Nemo

Política – Aproveitando a ornamentação da rua no dia de Corpus Christi, um grupo de ex-amigos se juntou no portão do supermercado Só Ofertas e o clima demonstrava paz e harmonia entre algumas figurinhas bem interessantes.

Sob as orientações do Pr. Luis da Rasa, Valmir (também da Rasa), Toninho Branco e Maria Alice, o papo estava animado e nem dava para lembrar as farpas e xingamentos que uns lançavam sobre os outros.

Políticos buzianos em movimento visando 2012.


Rachando o PMDB de Búzios

A agonia misturada à ambição tem deixado caciquinhos do PMDB buziano em estado de guerra.

O idealizador do adesivo “Salve Búzios”, segundo programa de rádio na manhã de hoje, lançou nome para candidatura a prefeito e deixou o vereador Genilson do Banco muito p da vida.

O clima pesou e um racha de proporções bem mais relevantes fez com que o vereador fosse até uma fazenda em Saquarema para chorar as mágoas. Não encontrando ninguém na fazenda, resolveu dar uma paradinha em Araruama para comer alguma coisa.

Batendo o pezinho no chão o presidente do marisco disse: “Não dou, não dou, não dou (a ficha), esse partido é só meu. Vou provar que não preciso de ninguém para ganhar eleição em Búzios”

Goleada na eleição em Vila Verde

Búzios – Aconteceu neste domingo (22) a eleição para presidente da associação de moradores do bairro de Vila Verde.

Uma goleada. Com 300 votos contra 10 da chapa de oposição, Wanderlian Rodrigues de Almeida venceu o pleito.

O candidato que enfrentou o presidente reeleito contou com o apoio do vereador Evandro, mas de nada adiantou e a população do bairro preferiu continuar com Wanderlian.