Diretas já!

Há trinta e dois anos o Brasil pedia Diretas Já. O povo queria votar para Presidente da República para se livrar dos cassetetes do militarismo ditatorial e opressor.

Os personagens, criados pela mídia e pelos partidos políticos, conseguiram cair na graça e nos braços do povo e, ao longo destas três décadas, avacalharam com o bem mais precioso conquistado à duras penas – a DEMOCRACIA.

Comparemos, então, a Democracia com um corpo lindo infestado de células cancerosas. Não queremos que morra nem que seja enterrado, mas também não queremos vê este paciente entregue a tratamentos tão radicais.

O que fazer então? De novo, a mídia, os partidos políticos, o mercado financeiro e até o judiciário já se articulam em grandiosa manobra para dar um jeitinho de acomodar tudo em uma nova CAMPANHA PELAS DIRETAS JÁ.

E aí? O que deve ter por trás das cortinas? A quem interessa ter ou não ter DIRETAS JÁ?

Já temos algum partido decente? Já temos algum candidato honesto 100%? E o eleitor, já aprendeu a votar?

Bem…. vamos vê no que dá.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s